16 fev, 2018 0:00

A reinauguração do Centro de Turismo de Aracaju promete beneficiar a cultura de Sergipe. O novo espaço foi entregue pelo governador Jackson Barreto, durante solenidade nesta sexta-feira, 16. O prédio histórico, que passou por uma reforma realizada por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), possui 29 lojas, com comerciantes e também artesãos. O investimento foi de mais de R$ 1,5 milhão.

De acordo com o governador, o prédio representa a história da capital sergipana. “O governo tem toda uma preocupação com o centro da cidade, resgatando a história, a memória e fortalecendo os vínculos do centro de Aracaju”, declarou.

Para o secretário de Estado da Cultura, João Augusto Gama, a revitalização do prédio representa a recuperação de parte do centro comercial de Aracaju e o fortalecimento da cultura sergipana. “Enriquece mais a nossa cidade. É uma recuperação muito boa, até porque é uma área frequentada por turistas e representativa para história da nossa cidade”, acredita.

O secretário da Indústria, Comércio e Turismo de Aracaju, Jorge Santana, acredita que a partir da reforma, o local atrairá mais turistas. “Esse espaço sempre foi muito frequentado por turistas e faz parte do roteiro de Aracaju.
Essa reforma irá proporcionar mais conforto para quem comercializa no local”, afirma.

Comerciantes

Há 33 anos com uma loja de artesanato no local, Maria Auxiliadora, 62, afirma que o restauro foi algo necessário, já que o Centro já apresentava falhas na estrutura. “Estava precisando de uma reforma urgente porque ele poderia até desabar em um turista. Agora o prédio ficou bonito e pode receber pessoas deficientes, que antes não tinha acessibilidade”, relata.

Outra que também elogiou os reparos foi a comerciante Gilsa Aragão, 51. Para ela, o público vai se sentir mais atraído a comparecer ao local. “Um lugar bonito vai atrair mais gente para conhecer o artesanato”, pensa.

Por Yago de Andrade e Verlane Estácio