Essa é a primeira edição da comenda, que foi criada com o objetivo de premiar todos os anos artistas e instituições que realizem trabalhos e ações voltadas para a valorização da cultura, folclore e saberes tradicionais do povo brasileiro
11 de Dezembro de 2018 | 16:06

Na manhã de ontem, 10, no Senado Federal, em Brasília, o Museu da Gente Sergipana Gov. Marcelo Déda recebeu a Comenda de Incentivo à Cultura Luís da Câmara Cascudo. O diretor superintendente do Instituto Banese foi até a capital federal receber a honraria. Essa é a primeira edição da comenda, que foi criada a partir de sugestão da senadora Fátima Bezerra, com o objetivo de premiar todos os anos artistas e instituições que realizem trabalhos e ações voltadas para a valorização da cultura, folclore e saberes tradicionais do povo brasileiro.

Além do museu, foram premiados o cordelista Antônio Francisco Teixeira, o músico Nelson da Rabeca, o produtor cultural Nilson Rodrigues, o ator Pedro Baião e a Câmara Brasileira do Livro (CBL). Além dos homenageados in memoriam: o capoeirista Moa do Katendê e os folcloristas Deífilo Gurgel e João Carlos Paixão Cortes.

Durante a sessão solene no Senado, homenageados e senadores ressaltaram a relevância que possui a cultura para que uma nação seja forte, educada, soberana e justa. O diretor superintende do Instituto Banese, Ezio Déda, comentou com satisfação o recebimento de mais uma premiação no ano de 2018. “Em sete anos já recebemos mais de 500 mil visitantes nesse museu de acesso gratuito e democrático. No Museu da Gente Sergipana celebramos tudo que nosso estado tem de mais genuíno: a cultura popular, quilombola, indígena e dos europeus que vieram a Sergipe; a culinária, os modos de falar, o repente e o cordel. É com grande alegria que recebemos a Comenda Câmara Cascudo, que ficará exposta na entrada principal do museu”, disse Ezio.

Premiações

O Museu da Gente Sergipana Gov. Marcelo Déda já recebeu durante esses sete anos: “O Melhor da Arquitetura 2012” na categoria Restauro, premiação inédita em Sergipe; “Atração do Ano” pelo Guia Quatro Rodas Brasil de 2013; “Prêmio Rodrigo de Melo Franco Andrade” na categoria Responsabilidade Social, concedido pelo Iphan; e o “Certificado de Excelência 2014” do site TripAdvisor, no setor Hospitalidade ao Redor do Mundo.

Além dessas premiações, o Museu da Gente foi classificado entre os 10 melhores museus do Brasil segundo o Travellers Choice Museus 2014. Em 2016, a Expedia, uma das maiores agências de viagens online do mundo, o indicou como um dos museus mais visitados no Brasil. E em 2018 o Museu foi classificado como o primeiro, dos cinco museus, mais visitados do Nordeste, segundo o Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), recebeu a Ordem do Mérito Cultural, do Ministério da Cultura, e o Largo da Gente Sergipana, recebeu o prêmio “Destino Aracaju”.